Relançado em 2024 pelo Governo Federal, o programa Bolsa Família tem como objetivo realizar o pagamento mensal no valor mínimo de R$ 600 para as famílias brasileiras que vivem em situação de vulnerabilidade social ou econômica. Mesmo mantido pelo Governo Lula, não há previsão de reajuste para o Bolsa Família em 2024.

Apesar disso, existem programas extras que podem aumentar o valor da renda para as famílias que são atendidas pelo programa. Confira a lista dos benefícios complementares do Bolsa Família:

– Benefício Variável Familiar Nutriz: aumenta em R$ 50 o pagamento por cada membro da família com até seis meses de idade;
– Benefício de Renda de Cidadania: paga um adicional de R$ 142 por pessoa da família;
– Benefício Complementar: garante que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600;
– Benefício Primeira Infância: adiciona R$ 150 por cada criança de até sete anos que faça parte da família.

Para receber esses pagamentos, é necessário que as famílias atendam a alguns critérios além de manter o CadÚnico atualizado. A atualização das informações é necessária para que o Governo Federal selecione e identifique as famílias que serão beneficiadas pelos pagamentos extras.

Após a atualização das informações, as famílias que têm direito aos pagamentos complementares serão incluídas automaticamente na lista. Os valores serão depositados nas contas do Caixa Tem e a liberação acontece em conjunto com o benefício principal do programa. Para mais informações sobre o pagamento do Bolsa Família em 2024, acesse o link.

Fonte: [FDR](https://www.pbagora.com.br/noticias/brasil/bolsa-familia-2024-novas-regras-e-valores-para-quem-recebe/”)
Imagem: [FDR](https://www.pbagora.com.br/noticias/brasil/bolsa-familia-2024-novas-regras-e-valores-para-quem-recebe/”)