A Segunda Guerra Mundial foi um dos maiores e mais devastadores conflitos da história da humanidade. Este conflito envolveu quase todos os continentes e países do mundo entre os anos de 1939 e 1945.

Neste artigo, vamos apresentar um resumo sobre as principais causas, fases e consequências dessa guerra, que é um tema recorrente nas provas de Vestibular e Enem.

As Causas da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial teve sua principal causa no expansionismo e militarismo da Alemanha nazista, liderada por Adolf Hitler. Hitler tinha o objetivo de criar um império na Europa e no mundo, baseado na ideologia do nazismo, que defendia a superioridade da raça ariana e o antissemitismo. Além disso, a Alemanha estava insatisfeita com as duras condições impostas pelo Tratado de Versalhes, que encerrou a Primeira Guerra Mundial em 1918, e buscava recuperar seu prestígio e territórios perdidos.

Outras causas que contribuíram para o início da guerra foram a crise econômica mundial de 1929, que afetou vários países e favoreceu o surgimento de regimes totalitários na Europa; o fascismo italiano, liderado por Benito Mussolini, que também tinha ambições expansionistas na África e nos Bálcãs; o imperialismo japonês, que buscava dominar a Ásia e o Pacífico; e a política de apaziguamento das potências ocidentais, como a França e o Reino Unido, que tentaram evitar a guerra por meio de concessões diplomáticas aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão).

As Fases da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial pode ser dividida em três fases principais:

  • A primeira fase (1939-1941) foi marcada pela ofensiva dos países do Eixo, que conquistaram rapidamente vários territórios na Europa, na África e na Ásia. A Alemanha invadiu a Polônia em 1º de setembro de 1939, dando início à guerra na Europa. Em seguida, invadiu também a Dinamarca, a Noruega, a Holanda, a Bélgica, a França e os Bálcãs. A Itália atacou a Grécia, o Egito e a Etiópia. O Japão invadiu a China, a Indochina e as ilhas do Pacífico.
  • A segunda fase (1941-1943) foi caracterizada pelo equilíbrio de forças entre os Aliados (França Livre, Reino Unido, União Soviética, Estados Unidos e outros países) e o Eixo. Os Aliados conseguiram conter o avanço dos inimigos em algumas frentes de batalha, como na Batalha da Inglaterra (1940), na Batalha de El Alamein (1942) e na Batalha de Stalingrado (1942-1943). Os Estados Unidos entraram na guerra em dezembro de 1941, após o ataque japonês à base naval de Pearl Harbor, no Havaí.
  • A terceira fase (1943-1945) foi determinada pela ofensiva dos Aliados, que recuperaram os territórios ocupados pelos países do Eixo e avançaram em direção aos seus centros políticos e militares. Os Aliados desembarcaram na Sicília em 1943 e na Normandia em 1944, abrindo duas frentes de ataque contra a Alemanha na Europa Ocidental. A União Soviética também avançou pelo leste europeu, chegando a Berlim em abril de 1945. A Itália rendeu-se em setembro de 1943 e a Alemanha em maio de 1945. No Pacífico, os Estados Unidos bombardearam as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki com armas nucleares em agosto de 1945, forçando o Japão a se render em setembro do mesmo ano.

As Consequências da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial teve consequências dramáticas para a humanidade, como:

  • A morte de cerca de 60 milhões de pessoas, entre civis e militares.
  • A destruição de cidades, infraestruturas e patrimônios culturais.
  • A criação da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1945, com o objetivo de promover a paz e a cooperação internacional.
  • A divisão do mundo em dois blocos antagônicos: o capitalista, liderado pelos Estados Unidos, e o socialista, liderado pela União Soviética, dando início à Guerra Fria.
  • A descolonização da Ásia e da África, que resultou na independência de vários países que estavam sob o domínio europeu.
  • A formação de novos países, como Israel, em 1948, que gerou conflitos no Oriente Médio.
  • O desenvolvimento científico e tecnológico, especialmente nas áreas da energia nuclear, da informática e da medicina.
  • A conscientização dos horrores do nazismo e do fascismo, o que levou à condenação dos crimes de guerra e dos direitos humanos cometidos pelos países do Eixo.

!function(f,b,e,v,n,t,s)
{if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘934819273949597’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);