Governo planeja cortar 5,5 milhões de beneficiários do programa Bolsa Família

Simone Tebet

Simone Tebet foi escolhida ministra do Planejamento e Orçamento após apoiar Lula no segundo turno das eleições

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Simone Tebet, anunciou que a revisão do banco de beneficiados do Bolsa Família resultará na exclusão de cadastros que não atendem aos requisitos para o benefício, gerando uma economia de R$ 7 bilhões. Desde o início do governo, cerca de 1,4 milhão de pessoas já foram retiradas do programa por não terem direito ao benefício. Tebet prevê a revisão de mais 5,5 milhões de cadastros, com o objetivo de identificar pessoas que não se enquadram nos critérios para receber o auxílio. Ela destacou que a revisão não é para gerar economia, mas para identificar os beneficiários que não têm direito, especialmente homens solteiros que estão trabalhando e recorrem à informalidade para receber o auxílio. O governo tem disponível um montante de R$175 bilhões para o Bolsa Família neste ano, atendendo 20,9 milhões de famílias.