O possível reajuste do Bolsa Família para 2024 ainda não foi confirmado e está em debate. Para aumentar o valor pago às famílias, é necessário que o Governo Federal inclua a medida no orçamento anual, o que ainda não foi realizado. Até agora, sabe-se que o valor mínimo de pagamento deverá ser mantido em R$ 600 no próximo ano, mas o benefício pode ser turbinado por meio de liberações extras realizadas pelo governo. As famílias beneficiárias precisam realizar a atualização periódica dos dados do CadÚnico em uma unidade do CRAS próxima a sua residência, sempre que houver qualquer atualização nos dados necessários para o cadastro. As informações cadastrais são necessárias para a seleção dos beneficiários dos programas extras. Cinco pagamentos em destaque incluem o Benefício Variável Familiar Nutriz, que aumenta em R$ 50 o pagamento por cada membro da família com até seis meses de idade; Benefício de Renda de Cidadania, que paga um adicional de R$ 142 por pessoa da família; Benefício Complementar, que garante que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600; e o Vale-gás, que paga o valor médio de um botijão de gás de 13 kgs, com pagamento de R$ 110 em dezembro.

Para mais informações sobre o programa de transferência de renda, acesse este link.

Por Danielle SantanaJornalista(formada pela Universidade Católica de Pernambuco.)