O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) já está liberando as parcelas do Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mês-base de novembro. Assim como acontece com os aposentados e pensionistas, os pagamentos são feitos de acordo com o penúltimo dígito do Número de Benefício (NB). Isso significa que há um escalonamento das datas de pagamento.

Existem dois calendários diferentes do INSS, e para o BPC, o instituto usa o cronograma feito aos segurados que recebem benefícios de até 1 salário-mínimo vigente ao mês.

Para se tornar elegível ao programa assistencial, é necessário cumprir alguns requisitos específicos. Os interessados devem ser idosos com 65 anos ou mais, ou pessoas com deficiência de qualquer faixa etária, com renda per capita de até 1/4 do salário-mínimo vigente, e estar inclusos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

O BPC é um auxílio pago pelo INSS para amparar pessoas economicamente vulneráveis. Como o programa tem caráter assistencial, os beneficiários não precisam contribuir com o instituto para ter direito às parcelas de 1 salário-mínimo. No entanto, o 13º salário não é pago e o benefício não pode ser acumulado com aposentadorias ou pensões. Além disso, o BPC não é vitalício e somente é pago a quem continua tendo direito ao programa.

Aqueles que desejam dar entrada no BPC devem acessar a opção específica disponível no portal Meu INSS ou aplicativo correspondente. Em caso de dúvidas, também é possível entrar em contato diretamente com o INSS por meio da central de atendimento, pelo número 135.

O cronograma de pagamento do BPC com mês-base de novembro segue a seguinte programação:

– Para quem tem penúltimo dígito 1 no NB: 24 de novembro de 2023 (pago);
– Para quem tem penúltimo dígito 2 no NB: 27 de novembro de 2023 (a ser pago nesta segunda-feira);
– Para quem tem penúltimo dígito 3 no NB: 28 de novembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 4 no NB: 29 de novembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 5 no NB: 30 de novembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 6 no NB: 1º de dezembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 7 no NB: 4 de dezembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 8 no NB: 5 de dezembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 9 no NB: 6 de dezembro de 2023;
– Para quem tem penúltimo dígito 0 no NB: 7 de dezembro de 2023.

Fonte: UOL Economia