Governo confirma extensão do auxílio emergencial de R$1.420 para beneficiários do Bolsa Família em janeiro

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) anunciou que em janeiro de 2023, os beneficiários do Bolsa Família receberão um benefício adicional de R$1.420, em uma ação que tem como objetivo fomentar a inclusão social e combater a pobreza no país.

A medida é destinada a famílias com um grande número de integrantes e visa a melhorias significativas em suas condições de vida. Uma família composta por dez membros, por exemplo, receberá o valor total do benefício, proporcionando um impacto positivo em seu orçamento mensal.

Além do valor base, o Bolsa Família também oferece benefícios adicionais para famílias que tenham crianças, adolescentes, gestantes e nutrizes. Entre eles estão o Benefício Primeira Infância e o Benefício Variável Familiar, que podem elevar consideravelmente a parcela regular do benefício, oferecendo um suporte mais abrangente de acordo com a composição familiar.

Para receber o Bolsa Família de R$1.420, é necessário que a família tenha uma renda mensal de até R$218 por pessoa. Famílias pequenas que não atingirem o valor mínimo garantido pelo governo, receberão um complemento. Por outro lado, aquelas com um grande número de integrantes terão direito ao benefício mais elevado.

As famílias beneficiárias do Bolsa Família também devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e educação, como acompanhamento pré-natal, calendário nacional de vacinação, acompanhamento do estado nutricional de crianças e frequência escolar mínima.

Essa medida é extremamente positiva para combater a pobreza e oferecer oportunidades mais promissoras para as famílias que mais necessitam.

Para maiores informações, acesse: [FDR](https://www.fdr.com.br/pagamento-bolsa-familia-r-1420-janeiro/)