Novo Benefício Social com Valor Mínimo de R$ 600 Mensais

O governo federal anunciou o lançamento do Novo Bolsa Família, programa de transferência de renda voltado para a redução da pobreza e o combate à fome. O valor mínimo mensal do benefício será de R$ 600, com acréscimo de R$ 150 por criança de até seis anos e de R$ 50 para filhos de 7 a 18 anos.

FREDERICO BRASIL/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO Evento Vista da cerimônia de lançamento do novo Bolsa Família, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Palácio do Planalto, em Brasília

O governo federal lançou nesta quinta-feira, 2, o Novo Bolsa Família, programa social de transferência de renda voltado, sobretudo, para a redução da pobreza, combate à fome, e promoção da educação e saúde.

Em evento realizado no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou a Medida Provisória (MP) que define os parâmetros da política pública. Ele pediu à população para fiscalizar os pagamentos do programa social, afirmando que é um programa da sociedade brasileira e que só dará certo se a sociedade assumir a responsabilidade de fiscalizar o Cadastro Único.

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT), anunciou que o novo programa social vai atender cerca de 20 milhões de famílias e aproximadamente 55 milhões de pessoas, incluindo benefícios complementares de R$ 150 por criança até seis anos e R$ 50 de sete a 18 anos.

Destaques do Novo Bolsa Família

  • Valor mínimo mensal: R$ 600
  • Acréscimo de R$ 150 por criança até seis anos
  • Acréscimo de R$ 50 para filhos de 7 a 18 anos

O acesso ao benefício terá condicionantes, como frequência escolar para crianças e adolescentes, acompanhamento pré-natal para gestantes e vacinação de acordo com o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Além disso, é preciso atender a critérios de renda per capita e ter os dados atualizados no Cadastro Único para ser elegível ao programa.