Presidente fala sobre a economia em entrevista a rádios de Goiás

No dia 15 de junho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concedeu uma entrevista a rádios de Goiás e abordou diversos assuntos relacionados à economia do país. Lula destacou que seu principal objetivo é transformar o Brasil em uma maioria de classe média, afirmando que ninguém gosta de depender de programas assistenciais como o Bolsa Família.

O presidente também fez críticas à taxa de juros praticada pelo Banco Central, que atualmente está em 13,75% ao ano. Ele considerou que o alto endividamento dos brasileiros está relacionado à alta nos juros, o que desestimula a economia. Lula ressaltou que a inflação está em 4,5% e, portanto, não há justificativa para manter a Selic em patamares tão elevados.

Em relação ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), o presidente expressou otimismo, prevendo um crescimento de mais de 2% neste ano. Ele destacou as políticas sociais implementadas pelo governo, que visam expandir os investimentos na base do país, incluindo pequenos produtores, empreendedores e beneficiários do Bolsa Família e Previdência Social.

Além disso, Lula ressaltou que o governo está retomando cerca de 14 mil obras paralisadas e possui um montante de R$ 23 bilhões destinados a investimentos na área de transportes, visando impulsionar a economia.

Fonte: Estadão Conteúdo