Inscritos no Bolsa Família podem se tornar MEI

O ministro do Empreendedorismo, Márcio França, propôs a possibilidade de os beneficiários do Bolsa Família se tornarem MEI (Micro Empreendedor Individual). A ideia é que, ao se tornarem MEI, consigam aumentar sua renda e diminuir a dependência do auxílio do governo.

Incentivar os inscritos no Bolsa Família a se tornarem MEI pode trazer diversos benefícios, tanto para essas famílias quanto para a economia do país. Além disso, a proposta não visa tornar essas famílias ricas, mas sim complementar a renda que recebem do Bolsa Família.

Os MEIs inscritos no Bolsa Família terão uma política de proteção de 2 anos, durante os quais não correm risco de exclusão do programa. Dessa forma, a transição para a independência financeira pode acontecer de forma planejada e orientada.

Atualmente, beneficiários do Bolsa Família podem se tornar MEI, desde que respeitem o limite de ganho mensal por pessoa. Extremamente importante respeitar essa condição, pois caso a renda aumente acima do limite, o direito ao auxílio financeiro do governo federal é perdido.

A proposta do ministro ainda está em fase inicial, sem confirmações por parte do governo. No entanto, se implementada, pode ser um passo importante para a autonomia financeira de muitas famílias, que poderão empreender com mais segurança e apoio do governo. Para saber mais, acesse: https://www.fdr.com.br/beneficios-sociais/bolsa-familia-pode-dar-incentivos-para-abrir-mei/