O programa Bolsa Família, um dos maiores programas de distribuição de renda do mundo, beneficia milhões de pessoas no Brasil. Recentemente, os titulares do programa receberam uma autorização inédita concedida pelo Governo Federal. Essa autorização foi possibilitada por meio de um projeto de lei que regulamenta apostas esportivas no país, conhecidas como “bets”.

Inicialmente, um destaque apresentado por um deputado previa que os beneficiários do Bolsa Família fossem proibidos de participar das apostas. No entanto, durante a votação na Câmara Federal, essa medida foi derrubada. Com isso, espera-se que os titulares do benefício possam realizar apostas por meio das “bets”.

Além dos beneficiários do Bolsa Família, também estão autorizadas a participar das apostas as pessoas que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), beneficiários do Benefício de Prestação Continuada e devedores em cadastro de inadimplentes.

Para ser beneficiário do Bolsa Família, o critério principal é a renda mensal da família, que não pode ser superior a R$ 218 por pessoa. Para se cadastrar, é necessário comparecer a um posto do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou na sede da prefeitura em alguns municípios. O representante da família deve apresentar documentos como documento com foto, CPF, título de eleitor, comprovante de residência e CPFs de todos os membros da família.

Após o cadastro, o Governo Federal analisa as informações e, se aprovado, o beneficiário recebe uma carta oficial comunicando a entrada no programa.

É importante ressaltar que essa autorização para participar das apostas não interfere nos critérios de seleção e permanência no Bolsa Família. O programa continua destinado às famílias em vulnerabilidade socioeconômica e a autorização para as apostas é apenas uma nova possibilidade de renda para os beneficiários.

Fonte: [FDR](https://www.fdr.com.br/2021/03/25/titular-do-bolsa-familia-recebe-autorizacao-inedita-concedida-pelo-governo/)

Imagem: [FDR](https://www.fdr.com.br/2021/03/25/titular-do-bolsa-familia-recebe-autorizacao-inedita-concedida-pelo-governo/)