O Abono Natalino e o 13º salário do Bolsa Família são benefícios muito populares no final do ano, mas é importante entender as diferenças e quem tem direito a cada um deles.

### Entendendo as diferenças

As semelhanças entre o Abono Natalino e o 13º salário do Bolsa Família estão no fato de proporcionarem um pagamento extra aos beneficiários no final do ano. O Abono Natalino é destinado aos trabalhadores que possuem carteira assinada e segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), enquanto o Bolsa Família é um programa social de transferência de renda para famílias em situação de vulnerabilidade.

No entanto, existem particularidades em relação ao público-alvo de cada benefício. O Abono Natalino é originalmente destinado somente aos trabalhadores assalariados e segurados do INSS, enquanto o Bolsa Família é voltado para famílias com renda mensal per capita de até R$ 218.

### Quem pode receber o Abono Natalino?

O Abono Natalino é direcionado aos trabalhadores formais, como rurais, urbanos, avulsos, domésticos e aposentados e pensionistas do INSS. No entanto, existem algumas regras específicas para recebimento do benefício, como tempo de trabalho e motivos para afastamento do emprego. Estagiários, por exemplo, não têm direito ao Abono Natalino.

### Quem recebe o 13º salário do Bolsa Família?

No caso do 13º salário do Bolsa Família, o benefício seria destinado a famílias com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Isso significa que a renda total da família dividida pelo número de pessoas deve ser menor que R$ 218. A decisão sobre a aprovação e sanção do 13º salário ainda está em aberto, mas já foi confirmado em dois estados: Pernambuco e Paraíba.

A vida do beneficiário pode mudar para melhor com a concessão dos dois benefícios, por isso, é importante entender suas particularidades para ter acesso ao que é de direito. Para mais informações sobre economia, direitos sociais e finanças, acesse o portal FDR.