Fim de Ano no Bolsa Família: Calendário e Valores Extras

Com o fim de ano se aproximando, os beneficiários do programa Bolsa Família estão se perguntando se receberão uma renda extra nos meses de novembro e dezembro. Atualmente, os titulares do programa recebem parcelas que variam de R$ 600 a R$ 950, de acordo com sua situação. Nos próximos dias, milhares de segurados terão a oportunidade de receber um benefício no valor de até R$ 1.000.

O grande responsável pelo aumento do Bolsa Família para até R$ 1.000 é um valor extra de R$ 50 destinado a gestantes, lactantes e jovens entre sete e 18 anos de idade. Esse recurso adicional foi anunciado pelo Governo Federal em março deste ano, quando o programa foi reiniciado oficialmente.

Além disso, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) também paga um bônus de R$ 150 para até duas crianças de zero a seis anos de idade. Com a regulamentação do programa, ficou determinado que todas as famílias beneficiadas pelo Bolsa Família recebam uma parcela fixa de R$ 600. Se a composição familiar não atingir esse valor, o governo complementará o pagamento para cumprir a promessa estabelecida.

Para ser elegível ao Bolsa Família, a família deve ter uma renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Caso a renda total dividida pelo número de pessoas na família seja menor que R$ 218, eles têm direito a receber o benefício. Por exemplo, uma mãe solteira que trabalha como diarista e ganha R$ 800 por mês para sustentar três filhos pequenos tem direito ao Bolsa Família, pois sua renda total dividida por quatro é igual a R$ 200.

Além disso, as famílias beneficiárias do programa devem cumprir alguns compromissos nas áreas de saúde e educação, como realizar o acompanhamento pré-natal, seguir o calendário nacional de vacinação e manter a frequência escolar mínima de 60% para crianças de 4 a 5 anos e 75% para beneficiários de 6 a 18 anos incompletos.

Os valores pagos pelo Bolsa Família são cumulativos. Cada integrante da família tem direito a R$ 142, e a soma desses valores garante que cada família receba no mínimo R$ 600 por mês. Além disso, há um adicional de R$ 150 para cada criança de até 6 anos e um adicional de R$ 50 para gestantes, lactantes e jovens entre 7 e 18 anos.

Os pagamentos do Bolsa Família seguem um calendário específico. Confira as datas para novembro e dezembro:

Calendário do Bolsa Família de novembro:
– NIS com final 1 – 17/11/2023
– NIS com final 2 – 20/11/2023
– NIS com final 3 – 21/11/2023
– NIS com final 4 – 22/11/2023
– NIS com final 5 – 23/11/2023
– NIS com final 6 – 24/11/2023
– NIS com final 7 – 27/11/2023
– NIS com final 8 – 28/11/2023
– NIS com final 9 – 29/11/2023
– NIS com final