O INSS divulgou o calendário de pagamentos para dezembro, o último lote do ano, previsto para iniciar no dia 21 de dezembro e se estender até 8 de janeiro de 2024.

As datas de pagamento serão escalonadas com base em dois cronogramas distintos, um destinado a quem recebe até 1 salário-mínimo e outro aos segurados que recebem valores acima desse piso.

É importante esclarecer que, apesar do novo salário-mínimo entrar em vigor a partir de 2024, o reajuste não se aplicará aos pagamentos de dezembro de 2023. O aumento costuma ser concedido no calendário referente ao mês de janeiro do ano seguinte, que ainda não teve suas datas confirmadas.

Um possível aumento do salário-mínimo para 2024, com base no INPC e no PIB, está previsto, mas ainda sujeito à confirmação do INSS.

Já o calendário de pagamentos do último lote de 2023 está dividido da seguinte forma:

Para quem recebe até 1 salário-mínimo:

Penúltimo dígito 1 do NB: 21 de dezembro de 2023;
Penúltimo dígito 2 do NB: 22 de dezembro de 2023;
Penúltimo dígito 3 do NB: 26 de dezembro de 2023;
Penúltimo dígito 4 do NB: 27 de dezembro de 2023;
Penúltimo dígito 5 do NB: 28 de dezembro de 2023;
Penúltimo dígito 6 do NB: 2 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 7 do NB: 3 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 8 do NB: 4 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 9 do NB: 5 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 0 do NB: 8 de janeiro de 2024.

Para quem recebe valores acima do piso:

Penúltimo dígito 1 ou 6 do NB: 2 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 2 ou 7 do NB: 3 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 3 ou 8 do NB: 4 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 4 ou 9 do NB: 5 de janeiro de 2024;
Penúltimo dígito 5 ou 0 do NB: 8 de janeiro de 2024.

Mais detalhes sobre o calendário de pagamentos e os benefícios do INSS podem ser encontrados no link https://concursosnobrasil.com/noticias/calendario-inss-dezembro-calendario-de-pagamentos-do-ultimo-lote-de-2023/.

Por fim, é importante observar que as informações sobre o reajuste nos valores dos benefícios e a possibilidade de alteração no salário-mínimo são sujeitas a confirmação por parte do INSS.