O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região – Santa Catarina publicou o edital do Concurso TRT 12. O certame oferecerá vagas para formação de cadastro reserva nos cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário em diversas áreas de especialidade, com exigência de nível superior completo. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Carlos Chagas (FCC) até o dia 28 de agosto.

Os valores das taxas de inscrição são de R$ 90,00 para Técnico Judiciário e R$ 110,00 para Analista Judiciário. A prova está prevista para acontecer no dia 22 de outubro.

A remuneração inicial oferecida para os cargos é a seguinte:

  • Técnico Judiciário: R$ 8.046,85;
  • Técnico Judiciário – Agente da Polícia Judicial: R$ 9.220,35;
  • Analista Judiciário (todas as áreas/especialidades, exceto Oficial de Justiça): R$ 13.202,62;
  • Analista Judiciário – Oficial de Justiça: R$ 15.128,00.

Quem pode participar deste concurso? Para ser aprovado e apto em todas as etapas, o candidato deve atender a alguns requisitos, tais como ser brasileiro nato ou naturalizado, ter idade mínima de 18 anos, possuir os direitos políticos, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, não ter incompatibilidades para nova investidura em cargo público federal e ter aptidão física e mental para exercer as atribuições do cargo/especialidade desejado.

Além dos requisitos mencionados acima, os candidatos devem possuir a escolaridade exigida para o cargo desejado. Para cada cargo/especialidade há um pré-requisito específico, como diploma de graduação em direito, contabilidade, engenharia civil, engenharia elétrica, entre outros.

O concurso será composto por duas etapas: prova objetiva e prova discursiva (apenas para alguns cargos). A prova objetiva terá 60 questões de múltipla escolha, divididas em conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Os candidatos que obtiverem média aritmética ponderada igual ou superior a 6 serão habilitados para a próxima etapa.

As provas serão realizadas em diversas cidades de Santa Catarina. Os cargos de analista terão suas provas aplicadas no período da manhã, enquanto o cargo de técnico terá suas provas aplicadas no período da tarde.

A prova discursiva consistirá na elaboração de um texto dissertativo-argumentativo a partir de uma proposta única sobre assunto de interesse geral. O objetivo é avaliar a proficiência em língua portuguesa escrita, incluindo a capacidade de compreensão e exposição de argumentos de forma clara, concisa, precisa, coerente e objetiva.

Os aprovados no Concurso TRT 12 serão responsáveis por diversas funções, dependendo do cargo/especialidade. Isso inclui análise de processos, elaboração de minutas de votos, emissão de informações e pareceres, estudos jurídicos, suporte técnico e administrativo, entre outros.

Para mais informações sobre o concurso, como conteúdo programático e disciplinas cobradas, consultar o edital no site da FCC.