INSS anuncia reajuste anual para 2024

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) reajusta seus benefícios anualmente, acompanhando o aumento do salário-mínimo. O reajuste para 2024 será anunciado entre janeiro e fevereiro do próximo ano, mantendo-se o padrão estipulado nos anos anteriores.

Continua depois da publicidade

O novo valor dos benefícios poderá ser consultado online durante o mesmo período em que o reajuste for divulgado oficialmente. Neste artigo, você aprenderá como é feita essa verificação e também como o INSS define as mudanças nos valores de aposentadorias, pensões e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Além disso, já é possível ter uma estimativa do valor base dos benefícios no ano que vem. Aproveite e explore outros artigos do nosso site sobre INSS, programas sociais, educação, ciência, tecnologia, dicas de estudo e notícias sobre concursos abertos no país.

Continua depois da publicidade

Como é feito o reajuste anual do INSS?

Em geral, os benefícios do INSS correspondem ao valor do salário-mínimo vigente. O reajuste segue a correção determinada pelo governo federal e é incorporado aos benefícios de aposentados, pensionistas e beneficiários do BPC.

Para aqueles que recebem parcelas acima do salário-mínimo, o reajuste é proporcional e gradativo até atingir um teto. A porcentagem de aumento acima do salário-mínimo também é proporcional.

Continua depois da publicidade

O valor exato do reajuste para 2024 ainda não foi determinado, já que depende da correção do salário-mínimo pelo governo federal. No entanto, uma estimativa aponta que o valor pode ser de R$ 1.421, caso os cálculos feitos pelo governo se confirmem.

Como consultar o reajuste dos valores do INSS

Após o anúncio oficial do novo valor dos benefícios em 2024, os segurados do INSS poderão consultar o valor diretamente pela internet, através do portal Meu INSS ou pelo aplicativo para celulares Android e iOS.

Os segurados devem acessar o sistema com base nas informações registradas no GOV.BR e verificar a situação do benefício, incluindo o valor atual das parcelas. É importante ressaltar que os dados ainda serão atualizados após o reajuste oficial.

Compartilhe essa notícia