O primeiro concurso público unificado

O governo federal realizará um concurso público unificado em 180 cidades do país, com o objetivo de preencher 6.640 vagas para servidores federais. A Fundação Cesgranrio foi selecionada para aplicar o concurso, pois apresentou a melhor proposta financeira entre as empresas concorrentes.

De acordo com o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), o contrato será assinado em novembro e a Cesgranrio divulgará o edital até o dia 20 de dezembro, com detalhes sobre o processo seletivo, critérios de seleção e locais de aplicação da prova, que está prevista para 25 de fevereiro de 2024.

Seleção

O governo contou com a participação do Tribunal de Contas da União (TCU), da Controladoria Geral da União (CGU) e da Advocacia-Geral da União (AGU) para garantir que a seleção atendesse a todos os princípios da administração pública. Após estudo técnico preliminar e colaboração das empresas concorrentes, a Cesgranrio ofereceu a proposta mais vantajosa e de menor valor.

Inovação

Essa será a primeira vez que a administração pública federal realiza um processo seletivo para atender simultaneamente demandas de órgãos e entidades da administração direta, autárquica e fundacional, em todos os estados e no Distrito Federal. Ao todo, 21 instituições aderiram ao processo.

As vagas serão organizadas em blocos de áreas de atuação, permitindo que os candidatos escolham a ordem de cargos de preferência daquele bloco no momento da inscrição. As provas objetivas e específicas serão aplicadas de acordo com os cargos e carreiras que compõem cada bloco. Clique aqui para ver as instituições que oferecerão vagas no concurso unificado.