Caixa Tem começa a pagar abono natalino do Bolsa Família

Uma notícia boa para quem recebe o Bolsa Família! O Governo do estado da Paraíba disponibilizou um adicional financeiro de R$ 64 para os beneficiários do programa. Esse pagamento, que também é realizado por meio do Caixa Tem, coincide com os desembolsos regulares do programa social, que já começaram neste mês.

O abono natalino do Bolsa Família é uma iniciativa do estado da Paraíba para complementar a renda das famílias em situação de extrema pobreza, principalmente no mês de dezembro. Vale ressaltar que o Governo Federal não realiza repasses adicionais desse tipo, sendo a Paraíba a responsável por essa ação.
Os repasses, que chegam a R$ 2,4 bilhões, foram efetuados por meio da plataforma digital Caixa Tem, beneficiando cerca de 693 mil famílias na Paraíba.

Os beneficiários podem realizar o saque em agências da Caixa Econômica Federal (CEF), casas lotéricas ou correspondente Caixa Aqui, desde que apresentem documentos como RG, CPF e Cartão do NIS. Além disso, os paraibanos que vivem em outros estados têm acesso ao abono natalino por meio do Caixa Tem.

Estados como Pernambuco também estão confirmando o bônus natalino do Bolsa Família, que é um adicional de R$ 150 no primeiro semestre de 2024. A Paraíba segue a mesma abordagem, garantindo um acréscimo de R$ 64 para todos os beneficiários do programa social. Outras confirmações de estados adotando a prática do 13º salário ainda não estão disponíveis.

Porém, é certo que os beneficiários receberão o próximo pagamento antes das festividades de final de ano. Os depósitos tiveram início no dia 11 de dezembro (NIS final 1) e tem previsão de término para 22 de dezembro (NIS final 0).

No caso da aprovação e sanção do 13º salário do Bolsa Família, teria direito toda família com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Em relação às regras do abono natalino do Bolsa Família, as famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. Também foi divulgado um calendário para o pagamento de acordo com o final do NIS de cada beneficiário. Saiba mais sobre isso na matéria.