Em 2024, o Governo Federal do Brasil planeja implementar alterações importantes no programa Bolsa Família, que realiza pagamentos mensais de R$ 600 para seus beneficiários. O objetivo é preservar a integridade do programa social, que atualmente atende a cerca de 21 milhões de famílias em todo o país. As mudanças a serem implementadas a partir de janeiro de 2024 incluem medidas para reduzir a lista de beneficiários em situação irregular e evitar fraudes nos pagamentos.

Os beneficiários que forem identificados com irregularidades em seus números de CPF serão notificados pelo Governo Federal a partir do próximo ano. A partir desse momento, terão um prazo de seis meses para regularizar sua situação. Caso falhem em realizar o processo de regularização, terão o pagamento do programa cancelado. Essa iniciativa faz parte do esforço do governo para evitar que pessoas não elegíveis se beneficiem do programa.

A fiscalização será reforçada através do cruzamento de dados fornecidos por outros órgãos federais com as informações dos beneficiários, incluindo o Cadastro Único (CadÚnico). Caso seja encontrada alguma irregularidade no CPF, o cidadão deverá procurar a Receita Federal para regularizar sua situação, o que pode ser feito através do site do órgão.

Para mais informações sobre as mudanças no pagamento do Bolsa Família em 2024, verifique o link a seguir.