Governo Federal mantém ausência de 13º salário do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família enfrentam a ausência do 13º salário, conforme anunciado pelo Governo Federal. Mesmo com os pagamentos em andamento, a expectativa dos beneficiários é frustrada.

O aguardado bônus natalino do Bolsa Família não se concretizará em dezembro, mantendo os repasses regulares sem acréscimos. O motivo é que o Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome (MDS) confirmou a inexistência de bônus natalinos, pois o Bolsa Família é concebido como uma ajuda adicional à renda, ou que não se alinha à lógica de um 13º salário.

Contudo, os estados de Pernambuco e Paraíba indicaram possíveis opções à decisão federal, confirmando o bônus natalino em suas localidades.

Segundo informações, o bônus natalino do Bolsa Família está confirmado em Pernambuco, com uma tradição de quatro anos, proporcionando um adicional de R$ 150 no primeiro semestre de 2024. Já na Paraíba, segue-se uma abordagem semelhante, garantindo um acréscimo de R$ 64 para todos os beneficiários do programa social.

A confirmação sobre outros estados adotarem a prática do 13º salário ainda não está disponível. Mesmo com a ausência do 13º salário neste ano, a expectativa permanece para que mais estados sigam o exemplo, proporcionando um adicional aos beneficiários do Bolsa Família.

Na hipótese da aprovação e sanção do 13º salário do Bolsa Família, teria direito toda família com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação, como:

– Realização do acompanhamento pré-natal;
– Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;
– Realização do acompanhamento do estado nutricional das crianças menores de 7 anos;
– Frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos, e de 75% para os beneficiários de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica;
– A família deve sempre manter atualizado o Cadastro Único (pelos menos, a cada 24 meses).

Até que novos valores sejam definidos, o Governo Federal mantém a composição atual para o Bolsa Família. Os pagamentos seguem um calendário em dezembro, sendo a primeira data prevista para 11 de dezembro (NIS final 1) e a última para 22 de dezembro (NIS final 0). A previsão é que o pagamento se estenda até maio de 2025.

Se quiser saber mais informações sobre as regras do Bolsa Família clique [aqui](https://fdr.com.br/regras-do-bolsa-familia/)

Se quiser saber mais informações sobre a composição do Bolsa Família clique [aqui](https://fdr.com.br/beneficios-do-bolsa-familia/)

Se quiser saber mais informações sobre o calendário do Bolsa Família clique [aqui](https://fdr.com.br/calendario-bolsa-familia-detran-telefones/)