Novidades no Programa Bolsa Família para 2024: Benefícios extras e reajustesOs benefícios do Bolsa Família levam em consideração a composição familiar e tiveram novas adições neste ano. A previsão é que ocorram reajustes nos benefícios complementares em 2024. O Bolsa Família é composto por um valor fixo, somado a benefícios complementares que variam de acordo com a composição da família, resultando no valor total pago mensalmente.

Os benefícios complementares foram adicionados ao programa em 2021 e continuam em vigor. O pagamento médio foi de R$670 por mês para cada beneficiado, de acordo com o governo. Em 2024, esses benefícios devem permanecer, com potencial para reajustes.

A tabela a seguir mostra a composição dos benefícios complementares do Bolsa Família:

| Benefício | Valor |
|———–|——-|
| Valor fixo | R$600 por família |
| Benefício Primeira Infância (BPI) | Acréscimo de R$150 por criança de 0 a 7 anos |
| Benefício Variável Familiar (BVF) | Adicional de R$50 para gestantes e crianças/adolescentes de 7 a 18 anos |
| Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN) | Suplemento de R$50 para cada membro da família com até 7 meses |

Além disso, até maio de 2025, o governo paga o Benefício Extraordinário de Transição para garantir que nenhum beneficiário receba menos do que recebia no programa anterior (Auxílio Brasil).

No entanto, existem situações que podem reduzir o valor do benefício, como o empréstimo consignado, que pode descontar R$160 da conta, ou a regra de proteção, que reduz o benefício original pela metade quando a família supera um limite de renda.

É crucial manter os dados do Cadastro Único atualizados para que o governo reconheça a composição da família e os benefícios a que têm direito. É possível consultar o valor do Bolsa Família através de diversos canais, como o aplicativo do Bolsa Família, o aplicativo do Caixa Tem, ligando para a Caixa ou ligando para o MDS.

Quanto ao calendário de pagamentos do Bolsa Família em janeiro de 2024, ainda não foi divulgado oficialmente, mas é esperado que siga a mesma lógica deste ano, com os depósitos ocorrendo nas duas últimas semanas do mês. O calendário de pagamentos é baseado no final do NIS (Número de Identificação Social) do titular do programa.

Escrito por Lila Cunha, jornalista desde 2013, o artigo aborda as mudanças e benefícios do Bolsa Família para 2024, incluindo reajustes nos benefícios complementares e informações sobre como consultar o valor do benefício. Para mais novidades, confira o artigo completo.