Bolsa Família de dezembro surpreende e paga três valores adicionais

Neste mês, o Bolsa Família de dezembro está surpreendendo os beneficiários ao pagar três valores adicionais. O benefício, que originalmente paga parcelas no valor mínimo fixado em R$ 600, está oferecendo um bônus adicional para algumas categorias, como Benefício Primeira Infância, Variável Familiar e Vale-Gás Nacional.

Benefício Primeira Infância oferece bônus de R$ 150 para até duas crianças de zero a seis anos de idade que fazem parte de famílias beneficiárias do Bolsa Família. Já o Benefício Variável Familiar concede um extra de R$ 50 a jovens na faixa etária de sete a 18 anos, gestantes e lactantes. Além disso, o Vale-Gás está retornando em dezembro oferecendo as últimas parcelas do ano, equivalente a 100% do preço médio nacional do botijão de gás de 13kg.

O titular do Bolsa Família de dezembro que conseguir acumular os três valores adicionais mencionados acima, poderá receber uma parcela superior a R$ 1 mil. Confira a composição atual do benefício e as regras de elegibilidade para os beneficiários do programa social.

Composição do Bolsa Família de dezembro

Até que novos valores sejam definidos, o Governo Federal mantém a composição atual para o Bolsa Família da seguinte forma:
– Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família.
– Benefício Complementar (BCO): Garante que todas as famílias beneficiadas recebam, no mínimo, R$ 600.
– Extraordinário de Transição (BET): Garante que todos os beneficiários não recebam valores menores do que recebiam no programa anterior, o Auxílio Brasil. O pagamento está confirmado até maio de 2025.
– Benefício Primeira Infância (BPI): R$ 150 a mais por criança de zero a sete anos incompletos.
– Benefício Variável Familiar (BVF): R$ 50 pagos a mais para gestantes e crianças/adolescentes de 7 a 18 anos incompletos.
– Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): R$ 50 pagos para cada membro da família com até sete meses incompletos (nutriz).

Regras de elegibilidade do Bolsa Família de dezembro

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação, tais como:
– Realização do acompanhamento pré-natal.
– Acompanhamento do calendário nacional de vacinação.
– Realização do acompanhamento do estado nutricional das crianças menores de 7 anos.
– Frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos, e de 75% para os beneficiários de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica.
– A família deve sempre manter atualizado o Cadastro Único (pelo menos, a cada 24 meses).

Calendário do Bolsa Família de dezembro

Confira o calendário de pagamento do Bolsa Família de dezembro de acordo com o Número de Identificação Social (NIS):
– NIS final 1: 11 de dezembro.
– NIS final 2: 12 de dezembro.
– NIS final 3: 13 de dezembro.
– NIS final 4: 14 de dezembro.
– NIS final 5: 15 de dezembro.
– NIS final 6: 18 de dezembro.
– NIS final 7: 19 de dezembro.
– NIS final 8: 20 de dezembro.
– NIS final 9: 21 de dezembro.
– NIS final 0: 22 de dezembro.

O Bolsa Família de dezembro está trazendo valores adicionais para os beneficiários e oferecendo um suporte financeiro significativo para famílias vulneráveis. Este apoio adicional revela o compromisso do programa em garantir meios de subsistência para quem mais precisa. Confira todas as informações sobre o Bolsa Família para saber se você se enquadra nos critérios para receber o benefício. Acesse mais informações sobre o Bolsa Família no site oficial do programa.
Fonte: FDR