Desde 2019, uma iniciativa do Governo Federal passou a permitir que os trabalhadores brasileiros utilizassem um aplicativo em substituição à Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Trata-se da Carteira de Trabalho Digital, criada pela Dataprev, que facilita tanto a vida dos trabalhadores quanto das empresas que utilizam o e-social.

Carteira de Trabalho Digital: o que é e como funciona

Basicamente, a Carteira de Trabalho Digital é um aplicativo desenvolvido pelo Governo Federal para permitir que os trabalhadores emitam a CTPS diretamente no celular, onde é possível reunir todas as informações do trabalhador, como experiências profissionais, contratos assinados com as empresas, benefícios, abono salarial (PIS/PASEP) e seguro-desemprego, substituindo assim a necessidade da versão física do documento.

Como ter acesso à Carteira de Trabalho Digital

Para ter acesso à Carteira de Trabalho Digital, é preciso criar uma conta no portal Gov.br, onde a carteira digital será automaticamente criada no primeiro acesso aos serviços do governo utilizando o CPF do trabalhador. Atualmente, o número da carteira digital não está mais relacionado à numeração da CTPS física, uma vez que a carteira digital é vinculada ao CPF do trabalhador, com o mesmo número único para cada cidadão brasileiro, eliminando a possibilidade de duplicidade. As empresas também já utilizam o CPF para registrar a experiência profissional do trabalhador.

Passo a passo para obter a Carteira de Trabalho Digital

Todo o processo para obter a Carteira de Trabalho Digital pode ser feito tanto pelo Portal Emprega Brasil, acessível por computadores, quanto pelo aplicativo disponível nas lojas de aplicativos para celulares. Ao acessar o Portal Emprega Brasil, é possível criar a carteira digital, assim como pelo aplicativo, onde é preciso inserir o CPF e autorizar o uso de dados pessoais.

Principais problemas no cadastro e no uso do aplicativo

No entanto, é comum que ocorram problemas no cadastro e no uso da Carteira de Trabalho Digital. Erros de cadastro podem ocorrer, mas são geralmente corrigidos à medida que o sistema é atualizado. Em caso de inconsistências, a orientação é buscar auxílio diretamente no banco, ou em último caso, no Ministério da Economia.

Diferença entre carteira de trabalho física e digital

Apesar de toda a praticidade oferecida pela Carteira de Trabalho Digital, é importante ressaltar que ainda se faz necessário manter a carteira de trabalho física, uma vez que algumas empresas ainda não utilizam o e-social e continuam realizando anotações de forma tradicional. Portanto, a carteira física ainda é necessária e as informações estão disponíveis tanto na versão digital quanto na versão física do documento.