Governo antecipa calendário do Bolsa Família em dezembro

O Governo Federal decidiu antecipar o calendário do Bolsa Família de dezembro para que as famílias tenham acesso ao benefício antes das festividades de final de ano, um total de 20 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social, incluindo as nove milhões que já fazem parte do Bolsa Família de dezembro. A Caixa Econômica Federal (CEF) irá iniciar os depósitos a partir do dia 11, com previsão de conclusão no dia 22. Este calendário também engloba os pagamentos do Vale-Gás, pois ambos os recursos estão interligados e seguem o mesmo cronograma.

Quem pode receber o Bolsa Família?

Na hipótese da aprovação e sanção do 13º salário do Bolsa Família, teria direito toda família com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Para entender a aplicação disso, podemos usar um exemplo, como o de uma mãe que cria sozinha três filhos pequenos. Trabalhando como diarista, ela ganha R$ 800 por mês. Como os filhos não trabalham, esses R$ 800 são a única renda da família. Dividindo R$ 800 (renda total) por quatro (número de pessoas na família), o resultado é R$ 200. Como R$ 200 é menor que R$ 218, essa mãe e seus três filhos têm direito a receber o Bolsa Família.

Regras do Bolsa Família

É necessário cumprir compromissos na área de saúde e de educação, que se estendem pelo acompanhamento pré-natal, vacinações, calendário do estado nutricional das crianças menores de 7 anos e frequência escolar. As famílias devem sempre manter atualizado o Cadastro Único, pelo menos, a cada 24 meses.

Composição do Bolsa Família

Atualmente, o Bolsa Família 2024 é composto por:

– Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família;
– Benefício Complementar (BCO), que garante que todas as famílias beneficiadas recebam, no mínimo, R$ 600;
– Benefício Extraordinário de Transição (BET), que assegura que todos os beneficiários não recebam valores menores do que recebiam no programa anterior, o Auxílio Brasil, confirmado até maio de 2025;
– Benefício Primeira Infância (BPI): R$ 150 a mais por criança de zero a sete anos incompletos;
– Benefício Variável Familiar (BVF): R$ 50 pagos a mais para gestantes e crianças/adolescentes de 7 a 18 anos incompletos;
– Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN), com início das transferências em setembro.

Valores do Bolsa Família

Famílias de até dez integrantes poderão receber até R$ 1.420. Pela regra do Bolsa Família, cada integrante do grupo familiar tem direito a receber um benefício de R$ 142. Se a família não atingir nem mesmo a parcela fixa de R$ 600, o Governo Federal garante o complemento. As famílias grandes, compostas por dez pessoas, têm direito de receber a parcela total. Todos esses valores são cumulativos e o governo terá que corrigi-los, no máximo, em dois anos.

Calendário do Bolsa Família em dezembro

O calendário de pagamentos seguirá a ordem do dígito final do Número de Identificação Social (NIS):
– NIS final 1: 11 de dezembro;

– NIS final 0: 22 de dezembro.

Laura Alvarenga, graduada em Jornalismo, foi a responsável por coletar e produzir as informações desta matéria. Fonte: FDR
[Assistir ao vídeo aqui](https://www.youtube.com/watch?v=F8NUAvE26Nc)
[Imagem 1](https://fdr.com.br/wp-content/uploads/2016/10/Bolsa-Fam%C3%ADlia-em-2019-1.gif)
[Imagem 2](https://fdr.com.br/wp-content/uploads/2017/09/bolsa-familia.jpeg)