TCU recomenda revisão urgente de isenções tributárias que comprometem 4% do PIB

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, entregou quatro relatórios ao vice-presidente eleito Geraldo Alckmin, destacando uma lista de alto risco com 29 fiscalizações. Esses relatórios destacam fraudes, desperdícios e má gestão em órgãos públicos federais, incluindo questões relacionadas a programas sociais e combate ao desmatamento.

Um dos relatórios indica a necessidade urgente de revisão dos critérios de isenções tributárias que chegam a R$ 400 bilhões, comprometendo 4% do PIB. Isso representa o dobro do comprometimento que o presidente Lula encontrou em 2002. Também é ressaltado o Bolsa Família como o programa social mais eficiente no combate à pobreza, enquanto o TCU está concluindo uma avaliação completa do programa Auxílio Brasil em comparação com o Bolsa Família.

Além disso, os relatórios incluem informações sobre as contas do presidente Jair Bolsonaro aprovadas com ressalvas e análises de áreas como agricultura e infraestrutura. Alckmin destacou a importância desses números e avaliações para a equipe de transição, visando a identificação e busca por boas soluções.

Com informações da repórter Paula Lobão.

Fonte:
https://jpimg.com.br/uploads/2022/11/bruno-dantas-presidente-tcu-geraldo-alckmin-reproducao-jovem-pan-news-345×207.jpg

Link das imagens:
https://jpimg.com.br/uploads/2022/11/bruno-dantas-presidente-tcu-geraldo-alckmin-reproducao-jovem-pan-news-345×207.jpg
https://jpimg.com.br/uploads/2022/11/bruno-dantas-presidente-tcu-geraldo-alckmin-reproducao-jovem-pan-news-750×450.jpg